Mordida errada em criança, deve-se tratar?

Mordida errada em criança, deve-se tratar?

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) a mordida errada (má oclusão) acontece em mais de 70% das crianças no mundo. Esta se manifesta desde os dentinhos de leite. Pode surgir por genética, passada de pais para filhos, ou por agentes externos (hábitos deletérios, respiração bucal).

A mordida errada pode, desde a primeira infância, afetar a estética e as funções como mastigação, respiração, fonação, e assim prejudicar a qualidade de vida da criança. Sabe-se que na odontologia temos uma especialidade voltada à prevenção e tratamento da mordida errada 😬 que inicia na infância. A especialidade chama-se Ortopedia Funcional dos Maxilares ou OFM que junto com a Odontopediatria são capazes de diagnosticar e tratar má oclusão desde a primeira infância 👩‍👩‍👧‍👦.

Para tratamento da mordida errada a tradicional orientação “tem de esperar” está obsoleta. Deve-se Acompanhar o desenvolvimento equilibrado, ao invés de acompanhar o agravamento do desequilíbrio.

Agende sua consulta com nossa especialista no assunto: Dra Luana Atayde.

Compartilhar:

Deixe um comentário